Arquivo de tag Int()

Silvio Morais porSilvio Morais

Tipos primitivos e suas aplicações no Python3

Sou Silvio Morais organizador, palestrante e autor técnico do projeto Explorando TI e, vamos dar sequência a série de artigos sobre Python 3. Para você ter acesso a todos os arquivos dessa série, acesse o link: https://www.explorandoti.com.br/category/artigos-tecnicos/python/.

Vou destacar nesse artigo os principais tipos primitivos usados em códigos apresentados em lives disponíveis em nosso canal no YouTube que são:

Int()

Sintaxe: classe int( [x] )

Veja na representação abaixo a aplicação correta da classe de números inteiros.

Analisando o código acima, entendemos que:

A soma dos valores foi possível devido a aplicação da classe Int ao código, vamos ver a diferença desse mesmo código, mas sem a classe int.

Analisando o código acima entendemos que:

A variável soma concatenou os valores das variáveis “valor1” e “ valor2”, quando não há uma declaração da classe int no código, o Python entendeu que trata-se que os valores pertencem a classe str (strings).

Utilizando o mesmo código, podemos converter uma classe str para classe int, veja como fica no código abaixo.

Analisando o código acima entendemos que:

Os valores das variáveis “valor1” e “valor2” foram convertidos para a classe int, e o Python entendeu que os valores são números inteiros e fez a soma.

“>>> soma = int(valor1) + int(valor2)”.

float()

Sintaxe: float( [x] )

Também conhecida como números reais, a aplicação do float em códigos servem para declarar a entrada de dados, ou a conversão para casas decimais após o ponto, conforme o exemplo a seguir.

Exemplo: 1.0000

Para melhor representar essa aplicação, a tabela abaixo mostra as diferenças entre as classes float e int, veja:

Classe float: | 1.0 | -4567.3 | 8.9 |.

Classe int:    | 1 | -4567 | 8 |.

Vamos aplicar aos códigos abaixo as seguintes aplicações, primeiro o código receberá a informação com a classe float declarada, em segundo o código receberá a informação com a classe int declarada e converterá para a classe float.

Analisando o código abaixo entendemos que:

O código recebeu a entrada de dados na classe float, vez a soma e retornou o resultado na classe float. Também é possível nesse mesmo código receber uma entrada de números inteiros, veja o resultado no código abaixo.

No código abaixo vamos ver a entrada declarada para a classe int e a conversão para a classe float, utilizando o mesmo código.

str()

Sintaxe: str ( ‘x’ ) ou str (‘ ‘) que corresponde valor de string vazio.

São várias as opções tratamento para informações declaradas como classe str(), nesse artigo vamos tratar o entendimento da string, logo em outros artigos vamos detalhar todas as opções disponíveis no Python.

No código abaixo vamos representar a entrada de dados em declaração da classe str() e, vamos consultar o Python perguntando qual é a classe que ele identificou.

Analisando o código acima entendemos que:

Mesmo sem declarar a classe str, o Python adicionou a variável “nome” o valor da classe str(), isto porque, como não foi declarado nenhuma classe, ele adicionou a classe str().

Nesse exemplo foi adicionado um nome, mas poderia ser qualquer valor, veja o exemplo abaixo onde o valor digitado foi uma sequência de números e letras.

bool()

Sintaxe: a >= b (o retorno será True ou False).

Antes de utilizarmos situações booleanas e nosso código de exemplo, vou representar abaixo todas opções de comparações, veja:

Operação / significado

  1. <             Estritamente menor que.
  2. <=          Menor ou igual.
  3. >             Estritamente maior que.
  4. >=          Maior ou igual.
  5. ==          Igual.
  6. 1=          Não igual(diferente).
  7. Is            Identidade do objeto.
  8. Is not    Identidade de objeto negada.

Entendendo as opções de comparações disponíveis, vamos aplicar na prática.

Tabela de Tipos primitivos e aplicações.

Int()                      1, 23, -89 e 0.

Float()                  1.0, 23.5, -89.6587 e 0.0.

Str()                      ‘Olá’, ‘-89,6587 e ‘S1i2l3v4i5o6’.

Bool()                   True ou False

Fonte de pesquisa

https://python.org


Cronograma

No próximo artigo, vamos nos aprofundar mais no IDLE e começar a entender o que podemos fazer inicialmente com o Python, executar alguns comandos e ver o resultado imediato e, criar algumas sequências de linhas de programação e ver o resultado.

Palestras

Para saber mais sobre Python, o canal Explorando TI organizou toda segunda-feira a partir das 09hs o SegundaDev.py, são lives como foco em Python, veja o que foi apresentado até o momento.

Receba todos os artigos direto no seu e-mail.

Abaixo deixei um formulário para você se cadastrar e acompanhar todos os nossos artigos sobre Python, que inicialmente será semanal. Respeitamos sua privacidade e não vamos enviar e-mails com outro assunto. Participe!

Gostou do artigo, então compartilha e ajuda o projeto Explorando TI trazer conteúdo gratuito.

Compartilhe

Avalie esse conteúdo